09/04/2014

Carboni Fiat conquista terceiro prêmio Qualitas Excelência Fiat

Nesta terça-feira (1º de abril), a Carboni Fiat de Videira-SC recebeu mais um Prêmio Qualitas Excelência, evento anual que reconhece as 25 melhores concessionárias da Fiat Automóveis, com alto índice de qualidade no atendimento e performance em vendas e pós-vendas no Brasil. A solenidade foi realizada em São Paulo.

Esse é o terceiro prêmio Qualitas que o Grupo Carboni conquista.

Osmar Carboni agradeceu aos funcionários e todas as pessoas envolvidas no dia a dia da concessionária. "Quem sai ganhando com certeza é o cliente" afirma Carboni.

O presidente da Associação Brasileira das Concessionárias Fiat, Guido Viviani, valorizou o prêmio como um ótimo incentivo ao desempenho das concessionárias. “Todos nós participantes do Qualitas Excelência somos vencedores não só pelo esforço de cada um, mas, principalmente, pelo fato de que cada concessionária buscou se superar, trabalhando a qualificação de seus serviços no mais alto nível”.

O tema principal do evento foi a qualidade em vendas e pós-vendas. Lélio Ramos, diretor comercial da 
Fiat Automóveis, destacou que é preciso que toda a rede de concessionárias concentre suas atenções na qualidade de atendimento. “A excelência em atendimento deve ser premissa básica para todas as nossas atividades”, disse Ramos. “É preciso pensar na qualidade em todas as etapas do atendimento ao cliente e do negócio também”.

Cledorvino Belini, presidente do Grupo Fiat Chrysler para a América Latina destacou o foco nos produtos e no cliente, afirmando que a qualidade dos produtos, dos serviços, dos processos e do atendimento é a base da excelência.

“O cliente é a peça que nos une, a engrenagem que nos põe em movimento, nossa razão de ser. O cliente não depende de nós. Nós é que dependemos dele. Não fazemos favor em servi-lo. Ele é que nos faz um favor ao nos dar essa oportunidade”, afirmou Belini. “Esta visão do cliente sintetiza, para mim, a fórmula do sucesso e direciona nossas prioridades. Podemos e precisamos melhorar sempre a qualidade no atendimento através de bons serviços, cordialidade e transparência”.

Programa de sustentabilidade na rede


Outra ferramenta apresentada foi 
o programa de sustentabilidade para toda rede Fiat de concessionárias. Trata-se de um projeto pioneiro desenvolvido junto com o Instituto Ethos e a Abracaf. Esse programa vai permitir dialogar e compartilhar boas práticas, além de fazer um diagnóstico sobre a atuação das concessionárias no tocante aos aspectos socioambientais. A partir desse diagnóstico, as concessionárias poderão desenvolver planos de ações voltadas para atuação em sustentabilidade. 

Ações relativamente simples podem trazer importantes resultados para o negócio e a sociedade, como instruir o cliente a fazer o uso responsável do automóvel e a rodar com todas as revisões em dia contribuindo para evitar acidentes, ou realizar o descarte adequado dos resíduos provenientes das atividades da concessionária, como papelão, plástico e óleo, ajudando a reduzir o impacto ao meio.

Novos Investimentos

Durante o Qualitas Excelência, Cledorvino Belini destacou as mudanças em curso no grupo, devido à aquisição integral da Chrysler pela Fiat, o que dará origem a um grupo globalmente maior e mais forte. “Está começando uma nova era para o nosso grupo. E o Brasil é estratégico nesta nova estrutura”, afirmou Belini.

O polo automotivo em construção em Pernambuco será a primeira fábrica automotiva do grupo a ser inaugurada depois da aquisição do controle total da Chrysler. Será também a mais moderna planta Fiat Chrysler no mundo. A previsão de inauguração é dezembro deste ano. A fábrica terá uma capacidade produtiva superior a 200 mil veículos por ano.

A nova planta complementa e diversifica a presença da Fiat no Brasil. A fábrica de Betim, Minas Gerais, a maior unidade de produção de veículos do grupo Fiat Chrysler no mundo, passa por um amplo processo de expansão e modernização. Sua capacidade de produção está sendo ampliada de 800 mil para 950 mil unidades ao ano. “Com a otimização dos espaços físicos dentro da fábrica, a aquisição de novos equipamentos, como prensas de alta performance, e a instalação de transportadores aéreos de peças, modernizamos diversos processos logísticos, de manufatura e de metrologia. Isso permite a produção de veículos mais competitivos e de melhor qualidade”, enfatizou Belini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário