14/02/2019

Carboni passa a representar a marca Case IH no litoral catarinense


Uma excelente notícia para nossos amigos do campo: a Carboni Case IH está ampliando sua área de atendimento para fortalecer a atuação da marca Case IH com os produtores rurais de Santa Catarina. O endereço da nova concessionária será divulgado durante o mês de março.

A novas regiões assumidas pela Carboni são: Tubarão, Blumenau, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Itajaí, Tabuleiro e Tijucas. As principais culturas desta região são: o arroz com área cultivada de 130 mil hectares, milho e o fumo com mais de 25 mil hectares cultivados.

Com isso, a atual região de atuação da Carboni Case IH - que também compreende as regiões Campos de Lages, Joaçaba, Blumenau, Curitibanos, Ituporanga e Rio do Sul - compreende cerca de 50% da produção agrícola do estado de Santa Catarina com destaque para as culturas de soja (230 mil hectares), milho (180 mil hectares) e Arroz (229 mil hectares cultivados) mais de 130 mil hectares de arroz, 25 mil hectares de milho e fumo.

A Carboni Case IH chega ao litoral catarinense para apresentar soluções para o homem do campo, desde o plantio até a colheita, com a melhor tecnologia e suporte técnico do mercado.

Venha conhecer nossas soluções para a sua lavoura produzir muito mais. Repense sua produtividade com a Carboni Case.

13/02/2019

Como planejar a gestão da manutenção preventiva da sua frota

Existem muitos recursos que podem ser considerados na hora de pensar na redução de gastos de operação de transporte. Um deles é a manutenção preventiva da frota. É possível diminuir custos adotando essa prática, que é muito importante também para a segurança e eficiência na prestação de serviço da sua empresa.

Quer saber mais? Confira a seguir algumas dicas a considerar para planejar as manutenções de forma eficaz na sua transportadora.

Dicas para planejar a gestão da manutenção preventiva

O primeiro passo para realizar um trabalho efetivo e evitar custos excessivos é realizar o planejamento estratégico. É fundamental criar um plano de manutenções ficar de olho nas estimativas de quando as paradas e os custos ocorrerão para cada veículo da frota. A criação de uma agenda faz com que se evite custos inesperados ou acima do que estava previsto no orçamento.

Com um sistema de gestão, criar indicadores que ajudarão a coletar informações específicas da frota será importante para acompanhar os resultados das operações. Dados referentes às revisões e consertos necessários podem ser coletados de maneira mais acertada, otimizando os processos.

Para transportadoras maiores, adquirir e organizar as peças de reposição mais necessárias com antecedência e em maiores quantidades também é uma atitude que pode reduzir custos. É importante que estas peças sejam originais de fábrica, pois itens de segunda mão tendem a durar menos e causar danos ao veículo. Já as empresas menores normalmente fazem as revisões de sua frota direto na concessionária autorizada, o que é o mais acertado pelo mesmo motivo: garantia de qualidade e durabilidade das peças.

Outro fator a ser levado em conta é a equipe que opera a sua frota. Contar com profissionais treinados em direção defensiva e preventiva, e comprometidos com o cuidado dos veículos, certamente resultará em benefício para a sua empresa. Para isso, é preciso orientar os motoristas sobre manter a calibragem dos pneus, dirigir a uma velocidade responsável, o momento ideal para as trocas de óleo, entre outras coisas.

Por isso é importante reservar um tempo para desenvolver um plano estratégico para seus veículos. Além disso, programar as manutenções na concessionária autorizada da marca é a melhor maneira de garantir a qualidade e duração das peças. Na Carboni Iveco, todos os check-ups são feitos por profissionais treinados e itens originais de fábrica. A equipe também pode dar assessoria no planejamento da manutenção preventiva do seu caminhão. Agende já a revisão do seu bruto! 

11/02/2019

Chegou aos 40 anos? É hora de começar a fazer Check up anual

Sabemos que, às vezes, com as viagens é difícil se programar para cuidar da própria saúde. Porém, ter certeza de que está tudo bem com você é fundamental não só para o bem-estar e a tranquilidade da sua família, mas também para a segurança na estrada. Ninguém quer ter surpresas ruins antes de chegar ao destino, não é?

Para as pessoas que já chegaram (ou passaram) os 40 anos, esse cuidado é ainda mais importante. Com o passar do tempo, os homens e mulheres são afetados por transformações hormonais que mudam o funcionamento do corpo. O alto nível de estresse do dia a dia, a falta de dieta balanceada e o sedentarismo que atinge muitos motoristas são incentivadores para estas mudanças, terminando em doenças que podem ser mais graves a partir de uma certa idade.

Uma pesquisa feita pelo Centro de Referência em Saúde do Homem, em São Paulo, mostrou que 60% dos pacientes masculinos que ficam doentes só buscam tratamento quando as doenças já estão em estado avançado, quadro que se explica pela baixa procura por exames preventivos e consultas regulares.

Por isso, além de colocar empenho para manter uma dieta saudável e praticar exercícios físicos, também é necessário visitar o médico para os famosos Check-ups pelo menos uma vez ao ano. Assim, você poderá prever e prevenir problemas de saúde quando eles ainda estejam em uma fase inicial, com mais chance de cura.

Exames essenciais

IMC: índice de massa corporal e circunferência abdominal: O IMC ajuda a verificar predisposições para obesidade, quando o ganho de peso pode começar a ser perigoso. A obesidade e o acúmulo de gordura na região abdominal estão relacionados ao aparecimento de doenças como hipertensão, diabetes e AVCs.

Pressão arterial: Se estiver fora do padrão, pode significar hipertensão e outras doenças cardíacas. Em uma média para os adultos, uma leitura de 12/8 está boa. Já acima de 14/9 gera preocupações.

Exames do coração: O ultrassom das carótidas em homens avalia o fluxo sanguíneo do coração para o cérebro, conferindo se há coágulos ou obstruções. Esse exame é essencial para mostrar pré-disposição para derrames. Já a Angiotomografia Coronária analisa o músculo cardíaco, detectando flacidez ou rigidez excessiva, indicando a possibilidade de ataque cardíaco no futuro. O teste ergométrico também é realizado para detectar a arritmia cardíaca.

Hemograma: Serve para avaliar a quantidade e a forma de alguns elementos do sangue como hemácias, leucócitos e plaquetas. Detecta anemia, triglicerídeo alto e outras doenças sanguíneas.

Colesterol e glicemia: Com um simples exame de sangue, podem ser detectadas anormalidades no nível de colesterol, que levam a doenças cardiovasculares, e de glicemia, que indica a aparição de diabetes.

Próstata: Mesmo sendo pedido pelos urologistas a partir dos 45 anos, é importante fazer o exame de próstata já desde os 40. Lembre-se: quanto antes um problema for detectado, há mais chances de cura.

Mamografia e exames ginecológicos: Para as mulheres, a mamografia também é um exame fundamental a partir dos 40 anos, já que o aparecimento de câncer de mama é mais forte a partir dessa idade. Já o cuidado com a saúde do útero ajudará a regular os efeitos hormonais e prevenir doenças a futuro.

Exame dos olhos: A saúde dos olhos é muito importante para os motoristas. Por isso, fazer um exame de pressão ocular para evitar um glaucoma, e também conferir a necessidade de óculos, é algo a ser checado ano a ano.

Pele: A exposição ao sol sem usar protetor é muito comum nas estradas. Por isso, ficar de olho no aparecimento, crescimento e mudanças de formato de pintas e manchas é importante para detectar cedo o câncer de pele.

E como último toque, uma avaliação psicológica também é importante para verificar o risco de depressão e alcoolismo, por exemplo.

Não só o seu bruto precisa de manutenção periódica: o piloto dessa máquina também! Fique de olho na sua saúde e viaje com segurança.

06/02/2019

Freio motor: uso correto melhora a média do seu bruto

Todos os recursos ao alcance do motorista são importantes na hora de melhorar a média do caminhão. Um dos principais fatores é saber usar corretamente as ferramentas oferecidas pelo seu bruto, entre elas o freio motor. 

Há condutores que ainda pensam que o freio motor não ajuda na economia, mas isso não é verdade. Ao acioná-lo, o pedal do acelerador fica intocado. Assim, mesmo com o giro mais alto, o motor não é alimentado com combustível, já que a injeção de diesel só acontece ao acelerar. 

Além disso, como não serão feitas trocas de marcha constantes, a caixa de câmbio e a embreagem serão poupados de desgaste. O mesmo ocorre com as pastilhas de freio, que não serão sobrecarregados com a frenagem convencional. 

Como usar corretamente o freio motor? 

Esse recurso deve ser utilizado em longos trechos de declive, descidas íngremes ou trânsito muito lento. Em vez de utilizar os pedais de freio, o controle da velocidade será através da redução gradativa das marchas do caminhão, deixando que o próprio propulsor do veículo auxilie na frenagem, de maneira segura e estável.

Na hora de fazer a redução de marcha, é recomendável respeitar a rotação e a velocidade atual do seu bruto. O câmbio deve ser feito de maneira gradual, buscando manter o giro do motor em um nível aceitável. Isso varia de um veículo para outro, mas normalmente basta observar que o indicador permaneça na parte azul do conta-giros. Fazer o câmbio de maneira brusca pode causar um descompasso com as engrenagens de transmissão. 

Observe a troca de marchas o tamanho e acentuação do declive à sua frente. Se o giro do motor aumentar muito, aumente uma marcha. Se notar que o conta-giros e o veículo necessitam de mais tração e frenagem, reduza a marcha.

Os novos caminhões Iveco já trazem o freio motor de fábrica, com comando simplificado. Nos modelos top de linha, o recurso trabalha em conjunto com a caixa de câmbio automatizada. 

É importante nunca utilizar essa técnica com o caminhão no ponto morto. Se o seu bruto não estiver engrenado, perderá o controle de frenagem e tração, podendo resultar em acidentes. 

04/02/2019

Ser vendedor: o mundo em suas mãos

Vendas é uma das profissões mais antigas do mundo, porém é onde o profissional mais se desenvolveu e se adaptou à realidade do mundo contemporâneo.

Ainda que nem sempre as vagas para vendedor exijam formação específica, sempre será desejável e cada vez mais necessária a atualização deste profissional frente aos avanços que o mercado vem sentindo desde o começo do milênio. Hoje, com a internet, muitos clientes nem saem de casa para comprar, e fazem suas pesquisas por contra própria. É por isso que um bom vendedor, atualmente, é tudo o que uma empresa precisa para aparecer em meio a tanta concorrência. E graças a isso, há grandes oportunidades no mercado de trabalho para quem quer seguir esta profissão.

E, claro, bons vendedores ganham muito bem. Mesmo se não tiver formação superior, os profissionais talentosos e que mostram interesse em se aperfeiçoar como vendedor podem receber excelentes remunerações, incluídas boas comissões de venda.

Mercado de trabalho

É preciso reconhecer a importância e valor dos vendedores para nossa economia como um todo, já que eles são a conexão da fábrica e da empresa com seus clientes, a roda que faz girar o ciclo de produção. As empresas crescem e evoluem, em muitos aspectos, graças ao bom trabalho dos seus vendedores.

Em um mercado que lança novidades com muita rapidez, o bom vendedor é hoje um dos profissionais mais buscados atualmente. A Carboni é uma destas empresas que constantemente busca vendedores para complementar sua equipe comercial. Se você se identifica com esse perfil, atualmente há excelentes oportunidades disponíveis como Vendedor de Consórcios e como Vendedor de Máquinas Agrícolas. Se interessou? Confira abaixo alguns detalhes destas vagas:

Vendedor de Consórcios de automóveis e imóveis

- Fazer prospecção

- Gerir carteira de clientes

- Manter bom relacionamento e alta satisfação dos clientes com empresa

- Montagem de propostas de venda

- Negociação

- Residir em Joaçaba, Herval D’Oeste ou Luzerna/SC.

Vendedor de Máquinas Agrícolas

- Realizar o planejamento estratégico de vendas.

- Gerenciar e aplicar a carteira de clientes.

- Desejável ter atuado na área comercial ou de pós-vendas de máquinas e implementos agrícolas.

- Atuar na região de Lages, Joaçaba, Capinzal e Herval D’Oeste/SC.

Se você está interessado e preparado para este mundo que são as vendas, envie seu currículo para recrutamento@grupocarboni.com.br

30/01/2019

Iveco Daily: versatilidade e economia nas entregas urbanas

Conheça os modelos da linha e descubra a Daily que é o seu número
A gama de leves da Iveco é campeã em vendas no Brasil. A linha Iveco Daily apresenta grande versatilidade para transporte de cargas ou de passageiros em curta distância, e pode ser combinada com o implemento ideal para a sua necessidade. 

Além disso, o Iveco Daily tem versões homologadas como Veículo Urbano de Carga, que podem rodar sem restrições de horário nos grandes centros urbanos. Ainda, alguns modelos da gama podem ser dirigidos com a CNH categoria “B”, a mesma de um carro de passeio. É garantia de conforto, segurança e eficiência a qualquer hora e em qualquer lugar. Quer conhecer um pouco mais sobre as versões dos modelos Iveco Daily? Veja só:

VERSÕES FURGÃO 
Todos os modelos Furgão da Iveco possuem como itens de série o computador de bordo, piloto automático, banco de passageiros duplo, freios ABS+EBD e gancho frontal para reboques. O ar-condicionado, vidros e espelhos elétricos e a rádio com MP3 são opcionais. 

Daily City 30S13 
O modelo de entrada na versão Furgão tem um Peso Bruto Total – PBT de 3,5 toneladas e 130cv de potência. Ideal para transporte de cargas, possui a plataforma um pouco mais baixa, o que facilita o acesso. A dirigibilidade se assemelha muito à de um automóvel, resultando em conforto nas horas de trabalho. Disponível em comprimentos de 5,5 ou 6 metros. 

Daily Furgão 35S14 
Com uma capacidade de 3,5T o modelo 35S14 vem mais espaçoso, o que facilita a carga de produtos para quem precisa de mais volume. A potência do motor é de 146cv a 3.500rpm, o que garante mais força em manobras urbanas. A transmissão, como nos demais modelos da linha, é ZF 6S 480 de 6 marchas sincronizadas à frente + ré. 

Daily Furgão 45S17 
Com torque de 400Nm e 170cv de potência, o modelo 45S17 vem na versão Gran Furgone com PBT de 4,3T. Projetada sobre chassi de caminhão com teto de aço especial super-resistente, ela é focada no conforto e segurança do motorista e de passageiros. A altura interna é de 1,9m. 

Daily Furgão 55C17 
O modelo 55C17 está disponível nas versões Gran ou Maxi. O que muda é o comprimento do furgão, que pode ser de 5,997m ou 7,012m, com PBT de 4,3T e 5,3T, respectivamente. Além disso, o Daily Furgão 55C17 vem com um teto mais alto, com altura interna de 2,1m. É ideal para transporte de passageiros já que a circulação de pessoas é mais cômoda dentro do veículo. 

VERSÕES CHASSI-CABINE 

Daily City 30S13 
Disponível na versão Cabine simples, com PBT de 3,5T possui capacidade de carga 5m³ maior que a dos concorrentes. São 130cv de potência, torque de 320Nm e transmissão de 6 marchas. Também vem com a plataforma mais baixa para facilitar a carga e descarga dos produtos. 

Daily Chassi 35S14 
Como no modelo furgão, possui 143cv de potência e torque de 350Nm. Disponível nas versões cabine simples ou dupla, apresenta um PBT de 3,5T. Vem com limitador de velocidade de 130km/h de série. 

Daily Chassi 40S14 
Tem um chassi estável e resistente, o que resulta em uma grande versatilidade em aplicações para todo tipo de negócio. Disponível apenas na versão Cabine simples, o PBT é de 3,850T. A potência é de 146cv com torque máximo de 350Nm. 

Daily Chassi 55C17 
Traz 170cv de potência com um torque de 400Nm. Tem um PBT de 5,3T que representa maior capacidade de carga na versão cabine simples. O modelo tem suspensão dianteira com barra estabilizadora, o que garante maior conforto e controle do veículo em trajetos urbanos e de curta distância. 

Daily Chassi 70C17 
Disponível na versão cabine dupla com 4 portas, é o modelo mais pesado e com maior capacidade de carga da linha. São 7 toneladas de PBT, 170cv de potência e torque de 450Nm. Toda a versatilidade e força que você precisa para o seu negócio. 

Agora que você já viu todas as possibilidades que a linha Iveco Daily te oferece, corra para a concessionária Carboni Iveco mais próxima e faça já seu test-drive. Aproveite as facilidades de financiamento especiais para o nosso segmento de leves e faça parte deste time de potência. É sucesso na certa!

28/01/2019

5 alongamentos simples para começar o dia

Seja na estrada ou em casa, o bem-estar sempre é importante para enfrentar um novo dia. Se vêm longas horas ao volante pela frente, então, é fundamental fazer alguns alongamentos que ajudarão a aliviar dores ou incomodidades no corpo. Aqui estão cinco exercícios simples que você pode fazer logo após acordar ou ao longo da sua jornada:

Alongar o pescoço: este é excelente para começar. Mantendo as costas retas, incline suavemente a cabeça para ambos os lados, depois para frente e para trás. Todos os movimentos devem ser lentos e suaves, evitando qualquer tipo de movimento brusco. Se doer, não force. Você também pode fazer alguns movimentos de rotação, mas tenha cuidado para não estender demais os músculos do pescoço.

Tórax e bíceps: Apoie-se com a mão esquerda em uma parede ou porta. Com o braço bem estendido, gire seu corpo para o lado direito, de modo a alongar o peito e o ombro esquerdos. Certifique-se de girar até mesmo o seu quadril, e não apenas as costas. Respire lentamente três vezes e faça o mesmo movimento com o outro braço.

Parte superior das costas e ombros: Separe seus pés na mesma distância dos ombros, ou sente-se na cama. Cruze as mãos e estenda os braços à sua frente, com as palmas viradas para fora. Force levemente até sentir o alongamento dos ombros e costas. Certifique-se de manter sempre os braços esticados. Respire três vezes.

Braços: Levante o braço esquerdo e coloque-o atrás da cabeça, depois puxe o cotovelo com a mão direita. Certifique-se de fazer todos os movimentos suavemente, sem sobressaltos. Outra opção é estender o braço esquerdo na frente do peito e puxá-lo para o corpo com a outra mão. Repita o movimento com o outro braço.

Região lombar: Apoie-se de joelhos no chão, estenda as mãos à sua frente e abaixe o tronco até tocar a cabeça no piso, ou até onde conseguir. Respire lentamente e volte à posição normal de maneira suave. Outra opção é deitar com as costas apoiadas no chão e abraçar as suas pernas, pressionando-as um pouco em direção ao seu peito.

Para terminar, fique de pé e separe as pernas, flexionando levemente os joelhos e soltando o corpo para frente. Relaxe os ombros e o pescoço, tentando encostar as mãos na ponta dos pés. Respire e eleve o tronco lentamente.

25/01/2019

Carboni Fiat inova e convida clientes a anunciarem seus carros para venda

A ação está acontecendo em Joaçaba no Shopping XV
A concessionária Carboni Fiat está com uma ação inovadora em Joaçaba, que promete ajudar o cliente a vender seu seminovo para comprar um Fiat Argo zero quilômetro. A ação “Essa é sua chance de ter um Argo” convida as pessoas a anunciarem seus carros em um painel de vendas que está disponível no pátio do Shopping XV “é só preencher o papel com o anúncio do seu seminovo e colocar em nosso painel, para anunciar, não custa nada e pode ser feito em qualquer horário, na ida para o trabalho, no horário do almoço, no final do dia.” informa o gerente de vendas, Fernando Andriolli.

E a concessionária vai além! Caso o cliente não consiga vender o carro ou quiser outro tipo de negociação basta entrar em contato pelo whats da loja e falar com um vendedor, que a Carboni compra o carro do cliente na troca pelo Argo “nós sabemos que o valor do seminovo para o cliente vai além do preço, por isso, a Carboni tem a melhor avaliação na troca, porque valorizamos o cliente e o carro dele”, afirma Fernando.

Realmente essa pode ser a sua chance de ter um Argo! Para participar basta ir até o Shopping XV, deixar o anúncio do seu carro no painel ou chamar um vendedor da Carboni por whatsapp, além disso, você pode aproveitar para ver de perto o Fiat Argo, o hatch mais completo do mercado, que está exposto no local.

23/01/2019

Gestão logística: 5 dicas para melhorar o transporte na sua empresa

Empresas que trabalham com gestão de transporte e distribuição logística, precisam ter o conhecimento de que o produto vendido corresponde a pedidos feitos de maneira adequada. Assim também devem assegurar que os produtos serão levados aos clientes obedecendo a todas as normas protetivas e chegando ao destino dentro dos prazos e qualidades ajustadas.

Então, que tal ver algumas boas dicas voltadas para a melhor gestão de transporte, para que seja capaz de aperfeiçoar ao máximo esta área de seu negócio? 

1- Planejamento: é importante conhecer cada etapa desde a produção até o cliente final, assim, será mais fácil controlar os resultados e resolver possíveis problemas no processo, como atrasos ou produtos danificados pelo transporte. Dentro do planejamento também estão os roteiros, com os pontos de coleta e entrega definidos de acordo com as distâncias, horários e veículos adequados (cidade, interior, etc.).

2- Transportadora: Conhecer bem a empresa que será contratada para prestar o serviço de entrega dos seus produtos também é fundamental para garantir a excelência de ponta a ponta. Uma transportadora de confiança evitará uma série de problemas como atrasos na entrega e produtos danificados. Além de pensar no custo x benefício, escolha uma transportadora que tenha claras suas políticas e demonstre a qualidade dos seus serviços. É a reputação de sua empresa que está em jogo: qualquer erro, o cliente reclamará com você.

3- Demanda: ter a capacidade de antecipar necessidades é uma boa maneira de planejar o futuro e evitar imprevistos. O gestor deve estar atento a qualquer sinal que mostre de alteração de mercado como a sazonalidade que deve ser pensada com antecedência já que a logística deve ser bem planejada para atender ao volume anormal de entregas com a mesma agilidade de sempre.

4- Sistemas de gestão: apostar com o auxílio de sistemas automatizados de controle logístico otimiza tarefas para o planejamentos e seguimento de entregas. Há várias opções de programas no mercado que possuem serviço de monitoramento de cargas, pagamento automatizado de pedágios, controle de estoque, pesagem, entre outros. Assim, o gestor poderá coletar informações precisas de todo o processo logístico na empresa, identificando e corrigindo problemas mais rápido.

5- Estratégia: ter noção estratégica é fundamental para ser um bom gestor logístico. Se é melhor ter uma frota própria, custeando manutenção, combustível, seguro e outras despesas ou contar com ajuda de terceiros.

Ainda, em um país grande como o Brasil o transporte deve ser bem organizado para conseguir agilidade e eficiência, assim planejar os pontos de distribuição já é um grande trabalho que deve ser feito com cautela, levando em consideração a qualidade de estradas, custo de pedágios e volumes de entregas para cada região.

Na hora de colocar seu produto na estrada, não se afobe! Planeje todos os passos com claridade e estratégia, e a conquista de cada vez mais clientes será certa. Bom trabalho!

21/01/2019

Tabela Fipe: como saber o valor do seu carro?

Todas as pessoas que já compraram ou negociaram automóveis ouviram falar da Tabela FIPE. Ela é a principal referência de valores para o mercado de carros usados e seminovos, e inclusive para o cálculo de seguros e tributos como o IPVA. Porém, isso não quer dizer que os preços da tabela sejam seguidos à risca, o que ainda gera dúvidas na hora fechar um negócio.

Por que os valores variam?

A Tabela FIPE é atualizada mensalmente, pois ela nada mais é do que um cálculo do preço médio dos veículos segundo análises do mercado atual no Brasil. São coletados os preços de carros, motos e caminhões novos, seminovos e usados e logo são descartados os preços muito altos, muito baixos ou com discrepâncias estatísticas. Os números restantes resultam em uma média de valor para cada modelo de veículo, que é o que aparece na tabela.

Como é um índice de referência, essa informação pode ser usada apenas como base para uma negociação. Não é um preço definitivo, então fatores como o estado de conservação, região do país onde está sendo vendida (picapes são mais valorizadas no centro-oeste, por exemplo), entre outros itens podem influenciar na variação do preço para cima ou para baixo em uma venda.

O proprietário também tem o direito de cobrar o valor que acha o mais justo para aquele veículo, podendo pedir um preço mais alto por um veículo raro ou com quilometragem extremamente baixa, por exemplo. Já os carros anunciados em lojas e sites de venda podem ter o valor acima da tabela FIPE por incluir comissões.

Como saber o valor do seu carro na Tabela FIPE?

Para pesquisar o preço referente ao veículo que você está comprando ou vendendo, basta entrar no site da FIPE clicando aqui. A consulta pode ser feita especificamente para caminhões, carros ou motos, e para facilitar a busca é possível refinar com a marca, versão, motorização e ano-modelo do automóvel em questão. Lembre-se: esses valores podem ser utilizados apenas como base. É importante verificar a quilometragem, a conservação do veículo, a possível presença de customizações, entre outros fatores para definir um preço final de compra ou venda.

A Carboni Fiat tem a melhor avaliação de usado, você encontra a valorização que espera no seu seminovo e ainda tem a garantia de estar comprar um carro de uma concessionária séria com carros seminovos de procedência e veículos zero quilômetro com infinitas possibilidades, entre em contato pelo whats e conheça nosso estoque!