23/05/2019

Iveco Tector: versatilidade dentro e fora de estrada

Iveco Tector: versatilidade dentro e fora de estrada
A linha Tector da Iveco possui grande variedade de modelos para atender às exigências de diferentes tipos de aplicação. Todas as versões possuem como principais características potência, robustez, versatilidade e facilidade para dirigir, conquistando transportadores e motoristas em todas as regiões do país.

O Tector já passou por vários desafios e conhece bem as estradas brasileiras. Por isso, as versões disponíveis no mercado são justo o que os caminhoneiros precisam. Os diversos modelos podem facilmente dar conta de qualquer tipo de demanda, desde entregas comerciais menores até transporte de grãos, com uma gama que vai de 15 a 31 ton. de capacidade.

Outro grande diferencial é que a Iveco busca construir caminhões cada vez mais econômicos. Por isso, as novas versões do Tector consomem até 9% menos combustível do que as anteriores. A manutenção também está mais barata, e você economiza mais de 37% do valor que os caminhoneiros gastam na manutenção dos caminhões concorrentes.

Confira abaixo o que o Tector tem para te oferecer:

Cabine e conforto
Os modelos Tector Attack possuem como característica uma cabine curta, principalmente para aplicações no dia a dia, a pequenas distâncias. Os modelos Off-road, como o Tector 6x4, vêm nesta versão. Já para viagens mais longas, está disponível a cabine leito, com teto mais alto e uma cama confortável para o descanso do motorista.

Seja qual for a cabine escolhida, a ergonomia e o prazer em dirigir estão em cada detalhe.

Computador de bordo, suspensão com molas helicoidais e amortecedores telescópicos e a facilidade no engate de marchas a cabo são apenas alguns dos itens que agregam comodidade na direção.

Motor e câmbio
Os modelos Tector vêm acompanhados dos motores FPT. O NEF4 ID de 4 cilindros, 206 cv e 720Nm de torque, está disponível para as versões 150E21 e 170E21.​ Já o NEF6 ID de 6 cilindros, 300 cv e 1.050Nm de torque, vem nos modelos 240E30, 260E30 e 310E30. Ambos possuem tecnologia de emissões SCR, com baixa emissão de poluentes.
A Iveco apresenta ainda várias versões de câmbio para a gama Tector. São elas:

EATON FS 5406SA E EATON FS 6406B: Seis marchas, com engates precisos. Mais produtividade e ótimo escalonamento. Reduz o esforço na troca de marchas. Deixa a condução agradável e sem vibração na alavanca de marcha.

ZF 9S 1110 TD: Nove marchas, com sistema de engate da transmissão manual revisado do tipo “H Sobreposto”. Fácil de usar. Também oferece mais economia e rentabilidade. Perfeito para longas distâncias.

EATON FTS 16108LL: Dez marchas, com engates precisos. Muita produtividade e ótimo escalonamento. Condução agradável para operações severas.

Auto-Shift: Câmbio automatizado de 10 velocidades e motor N67, FPT Industrial. O Auto-Shift possui alguns modos exclusivos para aumentar a eficiência e segurança da operação, como o assistente de partida em rampa Hill Holder, o modo Manobra e o modo Auto Coast, que facilita transpor obstáculos como um quebra-molas.
Versões disponíveis

4x2

Tector Attack 150E21

Tector Attack 170E21

Tector 170E28

Tector Auto-Shift 170E30

6x2

Tector Attack 240E22

Tector Attack 240E28

Tector 240E28

Tector 240E30

Tector Auto-Shift 280E30

6x4

Tector 260E30 Off-road

8x2

Tector Auto-Shift 310E30
Está esperando o quê? Venha logo conhecer toda a versatilidade e potência do Iveco Tector na concessionária Carboni mais próxima! Esperamos por você.

20/05/2019

5 dicas para valorizar a revenda do seu carro

Na hora de revender seu carro usado, seja para outra pessoa ou para uma concessionária, seguramente farão uma revisão antes de fechar negócio. Pequenos detalhes podem afetar no preço que o comprador se dispõe a pagar. Por isso, é importante tomar alguns cuidados para facilitar a venda e, inclusive, economizar um pouco mais na hora da troca por um 0km.

Reunimos algumas dicas que podem te ajudar a revender seu carro. Confira:

1- Tome precauções: cuidar bem do veículo também significa preocupar-se de que ele não seja afetado por fatores externos como exposições extremas ao sol, chuvas fortes e tempestades. Evitar dirigir em estradas muito acidentadas é outra maneira de prevenir o desgaste da estrutura do carro. Um diferencial importante é guardar bem conservados o manual do veículo e a chave reserva.

2- Tenha a manutenção em dia: Fazer as revisões obrigatórias na concessionária autorizada é um dos principais pontos que contarão a favor na hora de revender seu carro. Quando for oferecer seu usado para venda, leve comprovantes como o calendário de revisões para garantir que está tudo ok.

3- Use peças originais: procure manter seu carro o mais original possível. Por mais que alguma customização tenha saído cara, poderá jogar em contra na hora de avaliar o valor do usado. Se der, remova as adaptações como engates, rodas grandes e outros adereços, pois podem fazer que a venda seja mais demorada.

4- Mantenha limpo: Tanto o exterior como o interior do carro devem estar bem limpos e bem conservados antes de vendê-lo. Assim, você conseguirá um preço melhor só pelo sinal de cuidado que teve com o veículo durante seu uso. Bancos de couro ressecados ou estofamentos manchados e rasgados desvalorizarão o negócio.

5- Não faça reparos na pintura: se for negociar o carro em uma revenda de veículos, deixe os reparos de pequenos detalhes por conta do comprador. As concessionárias têm parcerias com funilarias que facilitam este trabalho, e os lojistas preferem que a pintura seja original.

Gostou? Siga a Carboni Fiat nas redes sociais para receber novidades e informações sobre veículos novos e seminovos.

Quer vender seu carro? Entre em contato conosco que faremos uma excelente avaliação.

14/05/2019

6 alongamentos que você precisa fazer quando parar o caminhão

Os alongamentos são essenciais para o corpo, por isso, devem ser praticados sempre que possível. Para um motorista de caminhão, que fica longas horas na mesma posição ao volante, é muito importante realizar estes exercícios e assim evitar lesões, hérnias e outros problemas
Para obter melhores resultados, os exercícios devem ser realizados sempre com respiração profunda e fluida, movimentos lentos e sem tencionar os músculos. Deve-se respeitar seus limites, sem forçar o alongamento.
Veja a seguir alguns exercícios que podem ser realizados com o caminhão parado:

Alongar a coluna lombar
Ainda sentado, flexione os joelhos, segure e traga de encontro ao peito e permaneça durante 30 a 60 segundos. Desse modo, você estará alongando a coluna lombar e aliviando a tensão nessa região, e também prevenindo as lesões e dores nas costas, como hérnia de disco.

Alongar o pescoço e ombros
Puxe a cabeça para o lado esquerdo com a mão esquerda até sentir uma leve pressão na lateral do pescoço, faça o mesmo com o lado direito. Mantenha-se por 15 segundos em cada posição.
Faça movimentos circulares com os ombros para frente e para trás sempre lentamente, com duração de 10 séries para frente e 10 para trás. Assim, proporcionará um alívio na região dos ombros e pescoço e também melhorará dores constantes ou crônicas.

Alongar os braços e as costas
Pressione o cotovelo direito com os braços estendidos em direção ao corpo (em cima do peito) e mantenha a cabeça em cima do ombro direito, faça o mesmo com o lado esquerdo. Permaneça assim por 15 segundos de cada lado.
Logo, entrelace os dedos e estenda os braços para frente com a palma da mão para fora e curve lentamente as costas, permanecendo por 10 a 15 segundos nessa posição. Dessa forma, você sentirá alongar as costas e também os braços.

Alongar a coluna cervical
Coloque as mãos entrelaçadas atrás da cabeça e pressione para baixo, encostando o queixo no peito, permaneça por 15 segundos. Assim, você estará alongando as vértebras cervicais e proporcionará o aumento da flexibilidade do pescoço, prevenindo dores e rigidez nessa região.

Alongar o peitoral
Coloque os braços para trás do corpo, cruze os dedos e pressione o tórax levemente para frente, sentindo alongar o peito, permaneça nessa posição por 15 segundos. Dessa forma, você estará contribuindo por uma melhor postura, respiração correta e diminuição da tensão sobre os ombros.
Entre outros cuidados, é importante atendar-se para manter a postura adequada, com a coluna reta e as costas bem apoiadas no encosto do assento. O banco deve estar bem ajustado, de modo que não haja muito esforço nos braços ao segurar o volante, e que as pernas fiquem levemente dobradas ao pisar na embreagem até o final.
Uma postura correta faz a diferença ao dirigir por longos períodos, além disso, ajuda a prevenir dores musculares e outros problemas como escoliose, lombalgia e hiperlordose lombar. Boa viagem!

10/05/2019

Série Clientes de Potência apresenta Transportes Baroncello

Novo episódio marca uma relação de amizade e confiança com a Carboni Iveco

Está no ar um novo episódio da série Clientes de Potência da Carboni Iveco. Esta é a vez de apresentar uma parceira de longa data, a empresa Transportes Baroncello.
Elfo Francisco Baroncello, diretor da transportadora, é um cliente especial. Foi em 1999 quando ele comprou os primeiros caminhões Iveco Eurotech. “Eu gostei. No momento era um pouco mais rústico, mas se desenvolveu a tecnologia de ponta, muito bem aperfeiçoada, que atende as necessidades do dia a dia hoje no mercado”, comenta.

Elfo tem 75 anos de idade, dos quais 53 anos foram dedicados ao transporte de cargas. “Viajei com caminhão durante 25 anos, conheci o Brasil inteiro”, diz. E mesmo que já não viaje, a paixão pelo volante não diminuiu. “Esses dias fui renovar a CNH e o médico disse ‘se o senhor não viaja mais, pode diminuir a carteira’. Não, não, eu quero ela completa porque ainda dirijo todos os dias, quando precisa eu manobro. Só não estou viajando, mas ainda dirijo carreta”, explica.


Recentemente, Elfo adquiriu quatro novos Iveco Hi-Way, um de cada cor. “Comprei quatro caminhões porque acredito na marca, no potencial e na média do caminhão. Eu diria pra você que compre Iveco, que com certeza o lucro é certo”, afirma. Perguntado sobre o relacionamento com a concessionária Carboni Iveco, ele assegura que recebe um atendimento muito especial. “Inclusive na hora de financiar, não precisa procurar pois o Banco CNH está dentro de casa, dentro da Carboni”, ressalta.
Feliz com sua nova frota, o amigo Elfo garante: “pode comprar Iveco, que se fosse ruim eu não iria comprar quatro”. É isso aí, Sr. Baroncello!
Confira no vídeo o depoimento deste grande parceiro e Cliente de Potência da Carboni Iveco.


08/05/2019

Fiat Argo Trekking chega para completar a família com espírito aventureiro

Fiat Argo Trekking chega para completar a família com espírito aventureiro
Que o Fiat Argo é um grande vencedor não há dúvidas. Ganhou diversos prêmios, venceu comparativos com seus principais concorrentes e obteve alto índice de satisfação entre seus proprietários. Além disso, ficou entre os 10 veículos mais vendidos do Brasil no ano passado e começou 2019 acelerando fortemente em suas vendas, apresentando crescimento de 22% em participação de mercado em relação a 2018.

Tem ainda uma gama de versões com alta representatividade em cada faixa de atuação no segmento de hatches compactos, que atende todos os tipos de necessidade do consumidor que valorizam baixo consumo de combustível e aprecia acabamento superior, qualidade, design e performance até para quem gosta de mais esportividade. E para ampliar ainda mais as opções, surge agora uma versão mais aventureira para o público de espírito jovem que quer ir além dos grandes centros urbanos. Assim, o Fiat Argo Trekking chega para integrar a família, que agora está completa, e preencher essa lacuna com muita personalidade.

Ajuste robusto para performance de aventura
Esportiva com um toque de aventura, com muita tecnologia, alta qualidade e ótima performance, a nova versão Trekking traz a robustez e o estilo como diferenciais com acabamento interno e externo superiores aos rivais diretos, melhor comportamento dinâmico da categoria e conforto em piso de terra, além do consagrado motor Firefly 1.3 com potência de 109 cv e torque de 14,2 kgfm, o mais eficiente do mercado em sua cilindrada.

Destaque ainda para as retomadas sem igual nessa faixa de motorização já que a família Firefly oferece o melhor e mais bem distribuído torque do segmento, dando agilidade às acelerações e retomadas de velocidade, sem a necessidade de espremer o pedal do acelerador a todo momento. O propulsor é acoplado à transmissão manual de cinco marchas com escalonamento preciso que extrai as melhores retomadas e acelerações, priorizando ainda a diminuição de consumo e ruído.

Com suspensão elevada e o maior vão livre da categoria (ground clearance) – 210 mm, o novo Fiat Argo Trekking está agora 40 mm mais alto em relação à versão Drive 1.3. Ele traz ainda outros componentes desenvolvidos para garantir sua característica aventureira, fruto de quase 25 mil horas de desenvolvimento da Engenharia, focadas principalmente na estabilidade, no conforto ao rodar e no comportamento dinâmico, o melhor da categoria. Equipado com novos pneus 205/60R15 91H S-ATR WL, com banda de rodagem para uso misto e montados exclusivamente para a versão Trekking, proporciona o máximo de desempenho e, mesmo com perfil mais alto, assegura mais conforto e robustez para o veículo, graças ao extenso trabalho de engenharia que revisitou toda a elastocinemática do chassis, passando por molas, amortecedores e até tunning da direção elétrica.

Para completar suas características off road light, voltada para os clientes que desejam sair do asfalto, o Fiat Argo Trekking é o melhor de seu segmento em pisos irregulares, apresentando os mais altos níveis de conforto, mantendo a excelência do comportamento dinâmico do veículo. A nova versão apresenta ainda melhor absorção de impacto e mais segurança em terrenos com baixa aderência, como estradas de terra.

Muito estilo por dentro e por fora
Além de todas as mudanças que foram feitas para que o carro tivesse uma performance e conforto diferenciados na hora de viajar por estradas irregulares, o Fiat Argo Trekking ainda é completo e cheio de estilo. A nova versão traz equipamentos de série que conferem uma personalidade mais aventureira e esportiva ao seu design tanto por fora quando por dentro.

O Fiat Argo Trekking é a única versão aventureira do segmento com teto bicolor. Traz ainda barras no teto, que é pintado em preto assim como os retrovisores e aerofólio. Em cima, nas laterais inferiores e na traseira, outra novidade: o logotipo “Trekking”. O símbolo é composto por três diferentes formas com significados distintos: transcender, explorar e criar, ou seja, exatamente aquilo que a nova versão permite que seu proprietário faça pelas estradas dentro ou fora das cidades.
A versão tem ainda um adesivo preto no capô, faróis com design em LED, nova moldura da caixa de rodas e do para-choque traseiro na parte inferior, logomarca da Fiat com acabamento exclusivo em cromo escurecido na traseira, ponteira de escapamento trapezoidal com cor exclusiva, além de rodas com aro 15 com calotas escurecidas.

Por dentro, logo ao entrar, chama a atenção o tecido escuro dos bancos de alta qualidade com o contraste da costura laranja, área central com textura quadriculada e o logotipo Trekking bordado. O motorista também logo repara no logotipo Fiat do volante escurecido assim como a peça central do painel e a moldura do console central e, para completar, as saídas de ar são cromadas.
Completa, a nova versão traz de série ainda o melhor sistema multimídia do segmento, o Uconnect de 7 polegadas touchscreen com Apple CarPlay e Android Auto, vidro dianteiros e traseiros elétricos, retrovisores elétricos e faróis de neblina. Como opcionais, o cliente pode também incluir rodas de liga leve 6.0 de aro 15 com cor exclusiva e câmera de ré com linhas dinâmicas.
“O novo Fiat Argo Trekking chega para completar o portfólio do Argo, aliando um design atraente e aventureiro à funcionalidade da nova suspensão reforçada e elevada que, em conjunto com o pneu de uso misto, garantem a melhor performance em terrenos irregulares”, afirma Herlander Zola, diretor do brand Fiat para a América Latina e diretor comercial da marca para o Brasil.

Com tudo isso, o novo Fiat Argo Trekking, que completa a família Argo com robustez e muito estilo para os clientes com espírito jovem que buscam um veículo confortável, de alta qualidade e marcante nas ruas – ou fora delas tem como preço sugerido de lançamento R$ 58.990. A versão, disponível nas cores Branco Banchisa, Branco Alaska, Vermelho Montecarlo e Cinza Silverstone, poderá ser encontrada na rede de concessionárias Fiat a partir do final de abril.

Mopar - ao seu estilo
Além de todos os diferenciais que já fazem parte da versão Trekking, a Mopar oferece muito mais possibilidades de tornar cada Fiat Argo um veículo único. São mais de 50 acessórios disponíveis para o modelo, sendo que dois são exclusivos do Argo Trekking: as barras transversais de teto e o suporte para bicicleta. Este é apoiado naquelas que, por sua vez, precisam das barras longitudinais – item de série específico da configuração aventureira do hatch.

A Mopar também está aproveitando o lançamento do Fiat Argo Trekking para colocar outra novidade no mercado, a rede vertical de carga. Ela permite organizar melhor objetos que ficariam totalmente soltos no porta-malas. Vale dizer ainda que uma das características de estilo de maior destaque do Trekking pode ser adotada em qualquer Argo: o teto escuro. Enquanto a nova versão exibe a capota pintada de preto na fábrica, a Mopar oferece a chance de “envelopar” o teto com um adesivo preto fosco – emprestando um ar mais esportivo do carro e também aumentando a proteção da pintura nessa área.

07/05/2019

Rodoviário Monte Sereno está recrutando motoristas

A Rodoviário Monte Sereno de Videira SC, mantem hoje filiais em São Jose dos Pinhais PR , São Paulo Capital, Vitória de Santo Antão PE e Mossoró RN. Abre vagas de motorista de carreta frigorificada para rotas que carregam em SC e PR para SP e RJ e carregamentos em SC e PR para Nordeste. A empresa contrata profissionais que residam em cidades próximas a rotas ou da matriz e filiais.

A empresa mantem hoje um programa da meritocracia com objetivo de valorizar e manter colaboradores que estejam de fato comprometidos com os processos. Interessados devem encaminhar currículo para recrutamento@grupocarboni.com.br ou através do whatts 49 9 9990 1086.

Carboni movimentou negócios na Feira Expotílias 2019

Empresa levou mega estrutura e atendeu clientes de diversos municípios
A Carboni prestigiou mais uma edição da Feira Expotílias 2019, que aconteceu em Treze Tílias/SC de 26 a 28 de abril. O stand foi o maior da feira, onde foram expostos produtos direcionados tanto aos transportadores como aos produtores rurais de pequeno a grande porte, com as marcas Iveco, Fiat, Case IH, e toda a linha de pneus para transporte rodoviário da Bridgestone e Continental, e corretora de seguros e consórcios.
Osmar Carboni, diretor da Carboni, afirma que nesse momento positivo para o transporte e para todos os segmentos, é importante participar dessas ocasiões. “Estamos com toda nossa estrutura montada para fornecer informações e solucionar tudo aquilo que o cliente precisa”, comenta. “Sem dúvida, o mercado é muito dinâmico e temos tido, nos últimos meses, produtos novos para oferecer. Além disso, acho que não devemos nada em termos de organização e atendimento, fazendo com que os clientes estejam satisfeitos no nosso stand”.
Leidieli Xavier, da equipe de Marketing da Carboni, explica que a estrutura montada na Expotílias 2019 é a maior que a Carboni montou em Treze Tílias, com mais de 200 m² de espaço para expor os produtos e receber convidados. Toda a equipe comercial da Carboni, com profissionais capacitados pelas fábricas, esteve disposta para atender os clientes que visitaram o stand. Leidieli comenta: “Mais do que vender, a Carboni tem como identidade manter o relacionamento com o cliente de toda a gama de produtos que atende. Abrimos as portas da nossa casa e recebemos aqui os amigos e parceiros para comer comidinha gostosa, conversar sobre o negócio deles e entender o mercado nesse momento. Além disso, viemos celebrar a feira, comemorar a Festa do Leite que é uma data importante para a região que a Carboni atua”.

Ela explica ainda que para um evento desse porte, a equipe de Marketing começa a planejar com no mínimo três meses de antecedência toda a estrutura e atrações que o visitante conferiu em Treze Tílias. “Desde janeiro estamos planejando, com trabalhos mais intensos nos últimos dois meses, envolvendo o setor inteiro de Marketing e a equipe Comercial da Carboni”, conta. 

Exposição e produtos 
Com a Carboni Iveco, os visitantes puderam conhecer o novo modelo Hi-Road, além do extrapesado Hi-Way e o semipesado Tector implementado com baú. O Consórcio Iveco também esteve presente apresentando a campanha Você na Maior, que premia os clientes sem sorteio para uma viagem a bordo do maior navio do mundo pelas ilhas do Caribe e Miami. 

A Carboni Fiat também apresentou condições especiais para o produtor rural e CNPJ, expondo no stand os modelos Toro Freedom, Toro Ranch, Strada, Cronos, Argo HGT e o recém-chegado Argo Trekking, que os visitantes puderam conhecer em primeira mão. 

E a Carboni Case IH levou ao público da feira o Farmall 80 Cabinado e o Puma 185 Cabinado, tendo muito boa recepção de parte dos produtores e agricultores que passaram para conferir de perto as máquinas da marca. 

Somou-se a este time a Carboni Corretora, que marcou presença com toda a linha de Seguros e Consórcio Auto, Imóvel e o novo produto Realiza Mais, que traz cotas de até 240 mil reais para aquisição de carros premium, maquinário industrial e terrenos rurais. 

Atrações no stand 

Além da exposição das marcas e produtos, também houve atrações preparadas especialmente para os amigos e clientes que foram visitar o stand da Carboni durante o evento.

Teve show de magia com o mágico Flávio, e muita música no sábado e domingo com a dupla Josmar e Cristiano. Para completar, o Cheff Silvio Moratelli, do Quintal da Brasa, preparou algumas de suas melhores receitas para servir aos convidados, que combinadas com os drinks do Barman Johnny, foram um deleite e garantia de diversão. 
Isso é o que opinam os clientes e amigos que prestigiaram o evento. Angelo Gomes, da Sul Brasil de Caçador/SC, conta que já havia participado de outras edições da festa e que gosta muito. “O stand da Carboni está excelente, top, nota 10 assim como os caminhões Iveco”, elogia. Ele conta que o grande diferencial da concessionária é seu atendimento. “O pessoal nos recebe com muito carinho e atenção. Precisamos do caminhão rodando e é isso o que fazem pra nós. O caminhão é especial também, pois quando decidimos optar por uma marca, fizemos bastante pesquisa para chegar na Iveco. Os motoristas e o pessoal de logística sempre tem só elogios”, afirma. 

A Sul Brasil produz TNT e, em 2019, abrirá duas novas plantas na empresa, com capacidade para mais mil toneladas de produção. Por isso, Angelo optou pelo Consórcio Iveco para renovar a sua frota. “Eu tenho umas quinze cotas, pelo motivo que sempre preciso renovar a frota e acho que esse é o melhor negócio. O Consórcio sempre vem a calhar. Além de que tem viagens, que é excelente. Fui a Milão e agora vou ao Caribe e Miami. É uma oportunidade para conhecer outros clientes da Iveco e trocar informações sobre o transporte”, comenta.
O produtor rural Ivo Schneider, de Treze Tílias/SC, também demonstrou entusiasmo com o stand e os produtos da Carboni Case. “Um evento desse onde a Carboni me convidou com esposa e filhos é um momento único. Nenhuma firma até hoje havia convidado para nenhum almoço. Com música e comida boa, foi nota 10”, diz. Ivo estava usando um boné da Case IH e, ao ser perguntado, explica: “Vem da expo de Não Me Toque/RS. Lá, namorei um trator Case 95cv que vou trazer agora para a minha propriedade”. Ele decidiu trocar a marca com a que trabalha atualmente pela Case IH. 

A Carboni pode afirmar que, ainda com mau tempo, a feira foi um total sucesso em todos os segmentos, com negócios fechados e muita boa conversa com os amigos e parceiros que se fizeram presentes. Agradecemos a confiança de todos os que prestigiaram o stand.

06/05/2019

A importância de revisar seu automóvel na quilometragem recomendada

Fazer a revisão do seu carro dentro dos prazos programados pela montadora é um dos cuidados mais importantes que você deve ter. É nestas revisões que se previnem problemas na mecânica e peças do automóvel, evitando possíveis panes e acidentes na estrada. Além disso, obedecer ao calendário também traz economia para o seu bolso, pois diminui a necessidade de trocas e consertos que normalmente são mais caros.

Por quê as datas de revisão do carro se controlam por quilometragem?

Na hora que você compra um automóvel novo, todas as peças e fluídos estão em perfeito estado. As montadoras, ao fabricar um carro, fazem inúmeros testes para medir a duração de cada componente e as consequências de rodar com peças danificadas. Com base nestes dados, é feito um calendário de revisões preventivas, que normalmente está disponível no manual do veículo.

O automóvel é um meio de transporte que está exposto a vários agentes, como as condições climáticas e das estradas. Vale lembrar do desgaste natural das peças, que se dá conforme o tempo passa. Por isso, normalmente a primeira revisão é programada para 12 meses de uso ou 10 mil km rodados, o que chegar primeiro. Porém, se o carro for usado em condições extremas, é recomendado fazer a revisão com mais frequência.

O óleo do motor, por exemplo, tem prazo de vencimento. Se não for trocado no tempo recomendado, a lubrificação do sistema será comprometida. Os filtros de ar também devem ser trocados com certa frequência, pois eles impedem que entrem impurezas no motor e, a médio prazo, a acumulação de sujeira pode gerar entupimento de algumas válvulas. Assim seguem outros componentes que possuem diferentes tempos de vida útil.

Como consequência, além de panes e problemas, também pode haver maior consumo de combustível, pois a eficiência do motor e demais sistemas será afetada quanto mais desgaste existir.

Na Fiat, os modelos de carros até o ano 2018 devem ser revisados a cada 10 mil km nos modelos Flex e a cada 20 mil km nos Diesel.

Acima dos 20 mil km, começam a ser programadas janelas de 20 em 20km para as demais revisões. Nestes casos, devem ser revisados itens mais importantes como motor, freios, sistemas elétricos, baterias, etc.

E em caso de não usar muito o carro?

Não se engane: caso você não use muito o veículo, e este esteja a maior parte do tempo parado, também é necessário leva-lo à revisão. Nesse caso, o prazo deve ser o tempo, sejam 6 meses, 10 meses ou um ano, dependendo do que é estipulado no manual do carro.
Isso é pelo mesmo motivo já citado: corrosão por falta de uso, sujeiras, e vencimento de fluídos que devem ser trocados.
Lembre-se também que as revisões programadas devem ser feitas na concessionária autorizada. Na Carboni Fiat, por exemplo, as equipes de mecânicos possuem treinamentos específicos para os modelos da marca, e o uso de peças originais ajuda a manter a eficiência e o valor do seu carro.

Confira agora como anda o seu calendário de revisão e entre em contato com a concessionária mais próxima para agendar o check-up. Cuide do seu carro e assim você cuida da sua segurança!

http://bit.ly/PosVendaCarboniFiat

29/04/2019

Tombamento de caminhão: por que acontece e como atuar?

Aposto que mais de uma vez você já cruzou com um caminhão tombado na estrada, ou até mesmo já sofreu este acidente. Parece coisa difícil de acontecer, mas é num fechar de olhos que qualquer erro na carga ou na direção pode acarretar na perda de controle. 

Mas por que o caminhão tomba?

Vários pontos contam para o equilíbrio da carga e do caminhão na pista. A grande vilã é a velocidade acima da média permitida que faz com que, em curvas, o pneu levante e a queda seja inevitável. Isso é por causa da força “g”, unidade de medida que determina a aceleração lateral em uma curva. 

Trata-se da gravidade que você sente quando é empurrado contra a porta do caminhão em uma curva mais rápida. Essa força é a que pode causar o tombamento dos caminhões, já que eles suportam apenas 0,4 a 0,6 g, contra 1 g nos automóveis de passeio. Por isso há maior risco de tombar um caminhão que um carro.

Porém, até mesmo em velocidades baixas o acidente pode acontecer. Isso será,
provavelmente, devido ao excesso de peso de carga ou à má distribuição da carga no caminhão. Para evitar o tombamento, três cuidados simples podem ser tomados:

-Manter a velocidade pelo menos 10km/h abaixo da máxima permitida. Essa é a famosa direção preventiva, que ajudará a manobrar e evitar obstáculos com mais precisão, evitando acidentes.

-Não circular com excesso de peso no caminhão. Ele é responsável pelo desequilíbrio do veículo. Além disso, irá exigir mais do motor, obrigando o motorista a ter uma aceleração maior para suportar a carga.

-Fique atento ao efeito “chicote”. Ele afeta treminhões, bitrens e rodotrens. É causado pela excessiva trepidação na última carreta e pode terminar em um tombamento.

Saber o tipo de carga que você leva e qual a melhor forma para transportá-la. Para cargas vivas, por exemplo, não é aconselhável deixar muito espaço livre, por os animais podem se movimentar muito e causar desestabilidade no caminhão. Vale lembrar também que é preciso preocupar-se com a manutenção da vida e do bem- estar do animal, segundo a lei nº 9.503 do CONTRAN. Para carga líquida, é preciso prestar atenção no nível do tanque. Se o líquido não encher por completo ou no mínimo 80% a dimensão tanque, o fluído se espalhará com facilidade e qualquer movimento do caminhão vai chacoalhar a carga.

Se tombar, o que fazer?

Se infelizmente seu caminhão tombar, mantenha a calma e siga os conselhos a seguir:

1 – Certifique-se que você não está ferido. A adrenalina do susto pode impedir que seu corpo sinta dores imediatamente. Por isso, confira se você não sofreu nenhum ferimento grave antes de fazer qualquer outra coisa. Caso tenha alguma lesão, sangramento ou fraturas, ligue para o SAMU no 192 ou para os Bombeiros no 193.

2- Sinalize a pista, caso você esteja bem e possa se movimentar. Utilize triângulo e cones. Se não tiver, use galhos de árvores ou arbustos. É importante colocar os avisos desde uma distância longa, para que os outros motoristas consigam estar alertas e frear a tempo.

3- Descarte a possibilidade de incêndio. Dependendo do tombamento, o impacto pode amassar o tanque, causar rachaduras e vazamento de diesel. Se isso acontecer, qualquer faísca pode começar um incêndio. Tenha certeza que seu extintor está dentro da validade. Caso não consiga pegá-lo, você pode jogar areia ou terra em cima do fluído espalhado pela pista.

4- Acione a seguradora. Eles podem auxiliar para chamar o guincho e tomar outras providências, facilitando muito trabalho para você. Caso não tiver seguro, procure o guincho local para remover o caminhão e leva-lo a uma oficina.

5 – Comunique o embarcador. O seguro da carga deve ser feito seja pela transportadora ou pelo embarcador, assim que ambos devem ser informados sobre o tombamento e a situação da carga, tratando de prevenir roubos indesejados.

6 – Vá ao médico. Às vezes, podem não haver sinais de ferimentos externos, porém o choque pode causar danos internos ou até mesmo traumas. Faça um check-up após o acidente para avaliar sua saúde.

Toda atenção aos detalhes é pouca em uma viagem. Redobrar os sentidos e usar a direção defensiva são fundamentais para a sua segurança, a do caminhão e da carga que você transporta!

24/04/2019

Manutenção preventiva: como adotar essa prática na transportadora?

Existem muitos recursos que podem ser considerados na hora de pensar na redução de gastos de operação de transporte. Um deles é a manutenção preventiva da frota. É possível diminuir custos adotando essa prática, que é muito importante também para a segurança e eficiência na prestação de serviço da sua empresa.
Além do mais, um bom controle de manutenção aumenta a disponibilidade da sua frota, também podendo reduzir em até 17% os custos em manutenção corretiva.

O que é importante observar na manutenção preventiva:
- Pneus: a segurança e eficiência de uma viagem ficam comprometidas quando os pneus estão desgastados. O ideal é checá-los após cada jornada, para certificar-se de que não há problemas de pressão ou outros, não apenas na manutenção preventiva.
- Suspensão: nas estradas esburacadas que os caminhões precisam passar, é sempre um risco que a suspensão seja mais exigida. É essencial avaliar amortecedores, molas, entre outros itens do sistema para garantir a segurança do motorista e da carga transportada.
- Fluidos: o sistema hidráulico e os níveis de óleo no motor, entre outros fluidos usados em um veículo, são essenciais para o funcionamento do caminhão. Verificar se estão em bom estado ou se necessitam reposição é fundamental para evitar danos graves.
- Motor: é claro que o motor também deve ser revisado na manutenção. Assim, falhas serão evitadas, além de contribuir para otimizar o consumo de combustível.
- Escapamento: assegurar que os níveis de emissão de gases estão abaixo dos limites permitidos demonstra que a transportadora também preza pela sustentabilidade e é ecologicamente responsável.
Outros itens também devem ser checados como os freios, o sistema elétrico, baterias, etc.

Quais os benefícios de planejar a manutenção preventiva na frota:
Investir em práticas de manutenção nos caminhões é investir em produtividade. Obedecer ao calendário de cada veículo é uma estratégia inteligente para assegurar que a frota esteja sempre operante, pronta para viagens econômicas e eficientes.
Quando bem executadas, o controle através da manutenção preventiva reduz grandes despesas e permite manter um padrão no atendimento, tornando a sua gestão muito mais assertiva.
Veículos em excelentes condições e com a manutenção em dia estão menos sujeitos a sofrer acidentes e penalizações de trânsito, que podem pôr em risco a as mercadorias transportadas ou afetar o cumprimento do prazo de entrega.

Outros benefícios são:
Antecipação na identificação de falhas;
Redução de custos com peças de reposição;
Aumento da vida útil do veículo;
Maior controle sobre as manutenções;
Diminuição do tempo ocioso dos veículos;
Economia de combustível.

Por isso é importante reservar um tempo para desenvolver um plano estratégico para seus veículos. Além disso, programar as manutenções na concessionária autorizada da marca é a melhor maneira de garantir a qualidade e duração das peças. Na Carboni Iveco, todos os check-ups são feitos por profissionais treinados e itens originais de fábrica. A equipe também pode dar assessoria no planejamento da manutenção preventiva do seu caminhão. 
Agende já a revisão do seu bruto!