09/12/16

Iveco é eleita a melhor montadora de utilitários de 2016




Mais uma vez a Iveco conquista um prêmio que destaca a qualidade de seus produtos para o transporte urbano de cargas. A marca foi eleita a Melhor Montadora de Utilitários de 2016 durante a 19ª edição do Prêmio NTC Fornecedores do Transporte, realizado pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), que tem o objetivo de estimular o aperfeiçoamento permanente do mercado fornecedor. 
Os resultados foram apurados pela Austin Consultoria, contratada pela NTC&Logística, a partir de entrevistas com dirigentes de empresas, entidades de transporte de cargas e profissionais específicos de cada área do setor, que escolheram seus favoritos.  As empresas vitoriosas foram aquelas mais citadas pelos entrevistados em suas respectivas categorias. 
Para Marco Borba, Vice-presidente da Iveco para a América Latina, a premiação valoriza o esforço da marca para desenvolver e produzir veículos que proporcionem baixo custo operacional e rentabilidade para o operador. "Um bom exemplo disso é a linha Daily, que além de ter versões que variam de 3,5 a 7 toneladas, é o único modelo que apresenta cabine dupla como opcional de fábrica e tem opções disponíveis como chassi cabine, furgão e minibus, o que comprova sua flexibilidade." 

O executivo destaca ainda que a marca conta com um complexo industrial em Sete Lagoas (MG), com área total de 2,35 milhões de metros quadrados, que produz veículos comerciais, veículos para o transporte de passageiros e veículos de defesa. "Somos a única operação da Iveco no mundo que fabrica uma gama completa, dos leves ao blindado Guarani. A estrutura abriga também um Campo de Provas, o primeiro e um dos mais completos da América Latina, que nos permite testar e avaliar nossos produtos com precisão e qualidade", finaliza Borba. 

Fonte: CNHI Press

07/12/16

Natal dedicado: colaboradores voluntários entregam presentes à crianças carentes







Seguindo as premissas natalinas, a Carboni promoveu a campanha interna Natal Dedicado. A ação, que já se tornou tradicional na empresa, é organizada através de uma equipe de funcionários voluntários, motivados pelo espírito de humanidade e solidariedade que adotam cartinhas de crianças, endereçadas ao Papai Noel. Nesse ano foram mais de 50 cartinhas adotadas da Escola CAIC.
Com o apoio da empresa, de familiares e amigos dos funcionários, foram arrecadados alimentos, doces e brinquedos e estes foram entregues a algumas famílias carentes de alunos desta escola. Com o fim da campanha Natal Dedicado 2016, o sentimento que fica é de felicidade em ver o sentimento puro e verdadeiro do Natal brotando no coração de tantas crianças. Parabéns à todos que participaram e contribuíram.

Que neste Natal, Jesus seja o centro de nossas vidas, busquemos nele o espelho para nossas atitudes!

02/12/16

Carboni Fiat recebe o novo Toro Tigershark 2.4 Flex


Já está disponível na Carboni Fiat o novo Toro com motor Tigershark 2.4 Flex.

O Fiat Toro chegou no primeiro semestre deste ano para satisfazer as pessoas que procuravam um veículo que reunisse todas as características de um SUV, o conforto de um automóvel e a praticidade de uma picape com capacidade para cinco pessoas. A resposta do consumidor chegou logo: o Fiat Toro é sucesso absoluto de vendas desde o seu lançamento, superando a marca de 30 mil unidades/vendidas em todo o Brasil, e conquistando o segundo lugar no ranking de vendas de comerciais leves, atrás somente de outro produto de muito sucesso da marca, o Fiat Strada.
Mesmo com todo esse resultado, ainda no seu ano de lançamento, a Fiat lança o Toro 2.4 Tigershark Multiair Flex 16V, de última geração, que rende 186 cv de potência e elevados 24,9 kgfm de torque. Para acompanhar este potente propulsor, a nova versão conta ainda com o câmbio automático de nove velocidades, inédito entre as picapes cabine dupla flex e sistema Start & Stop para melhorar ainda mais os índices de consumo de combustível. 
O nome Tigershark é uma homenagem ao feroz Tubarão Tigre e também a um avião caça-bombardeiro americano. Para justificar a agressiva denominação, este 2.4 traz o que há de mais atual em tecnologia e construção.
Um motor inteiramente em alumínio, inclusive o bloco, para menor peso e melhor troca de calor. Os quatro pistões de altura reduzida contam com pinos flutuantes, além de revestimento especial, tudo para reduzir o atrito interno. Estes pistões se ligam a um virabrequim forjado, de maior resistência e durabilidade. Aliás, todos os componentes internos deste motor foram especialmente projetados para trabalhar com o Start/Stop que, com múltiplas partidas no trânsito urbano, exige mais das especificações do motor.
  • Ventilador do radiador e bomba de combustível, que contam com gerenciamento eletrônico tipo PWM.
  • Alternador inteligente, que aproveita momentos de desaceleração ou frenagem do veículo para recarregar a bateria com mais intensidade, economizando combustível.
  • Comando de válvulas acionado por corrente metálica extremamente silenciosa e durável, não necessitando de reposição.
  • Correia Poli-V secundária conta com tensionador automático.
  • Bobinas de ignição aplicadas diretamente nas velas, que tem eletrodos de platina e irídio. 

Todo este trabalho torna o Fiat Toro 2.4 Flex extremamente agradável de dirigir devido à sua potência e ao baixo nível de ruído interno, já que o motor rende bem também em baixa rotação. Ele ainda se destaca pela economia de combustível e por atender aos padrões de emissões não só no Brasil, como também nos Estados Unidos e Europa.

Fonte: FCA Press


29/11/16

Iveco Daily se transforma em sala de aula para motoristas de todo o Brasil





A rotina dos motoristas de caminhão no país é feita de muito trabalho e desafios no dia a dia. Um deles é cumprir uma jornada de trabalho pesada e dirigir por estradas com péssimas condições, o que aumenta o risco de acidentes. Pensando nisso, a G7 Log Transportes, de Tubarão (SC), criou o projeto Safety Truck, visando diminuir a ocorrência de acidentes nas rodovias e durante as operações de carga e descarga de produtos. Para isso, a empresa transformou um Iveco Daily 35S14 em uma sala de aula itinerante. 
A unidade móvel é equipada com TV, ar condicionado, impressora e sete notebooks. João Medeiros, responsável pelo setor de Qualidade da G7, destaca que o objetivo é conscientizar o caminhoneiro de sua importância para tornar o transito mais seguro. "Além do Safety Truck divulgamos também o programa Na Mão Certa, que combate a exploração de crianças e adolescentes nas estradas”.

Quem pilota o Daily e ministra os cursos, que não têm custo para os caminhoneiros, é Joelson Gomes Bernardo, motorista com mais de 20 anos de experiência que participou de treinamentos que o capacitaram a se tornar instrutor. A carga horária do treinamento é de aproximadamente 50 minutos. O projeto teve início em julho de 2016 e já percorreu cidades como Brasília (DF), Cubatão (SP), Itajaí (SC) e Sete Lagoas (MG). Até o início de novembro 972 motoristas foram treinados. 

Fonte: CNHI Press

Preço de suínos está mais competitivo do que carne bovina no atacado






Os preços da carne suína, no atacado da Grande São Paulo, ganharam competitividade em relação à carne bovina ao longo deste mês, na comparação com o registrado em novembro de 2015 e 2014. A constatação é de pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-USP), em análise semanal sobre o setor.
         Segundo os estudiosos, a diferença entre a carcaça casada bovina e a especial suína está em R$ 3,82/kg neste mês, ante R$ 3,35/kg em novembro de 2015 e de R$ 1,39/kg em novembro de 2014. O Cepea destaca que os preços da carne suína tendem a subir no fim do ano, impulsionados pela época de Festas Natalinas, já que os frigoríficos se antecipam iniciando a formação de estoques.

No entanto, neste mês, apesar da melhora da demanda, os valores estão praticamente estáveis. Na parcial deste mês (até o dia 22), a carcaça especial suína é negociada, em média, a R$ 6,21/kg, valor 0,3% menor que o de novembro/15 e quase 20% inferior ao de novembro/14. Já a carcaça casada bovina apresenta média de R$ 10,03/kg, a maior para um mês de novembro, em termos nominais, 3% acima da de novembro/15 e 11,3% superior à de novembro/14.

Fonte: Globo Rural

Pesquisa da Epagri de Caçador vira referência na produção de tomate em todo país





O tomate produzido em Santa Catarina ganha a mesa dos brasileiros por todo o país. A cultura agrícola é importante para o estado, já que movimenta a economia como, por exemplo, na região Meio-Oeste, onde estão as maiores áreas plantadas. Mas a atividade tem um desafio: se tornar mais sustentável. Neste sentido é que a Epagri, através da Estação Experimental de Caçador, desenvolve um trabalho de pesquisa que vem avançando ao longo dos anos. A maior conquista veio no último dia 10 de novembro, com homologação da norma técnica específica da produção integrada do tomate no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
A notícia foi comemorada pelos pesquisadores que estão à frente desse trabalho. Eles vislumbram, a partir de agora, uma produção mais sustentável, com custo menor das lavouras e tomates mais saudáveis ao consumidor final. “Foram 13 culturas agrícolas que tiveram a publicação da norma técnica de produção integrada, entre elas o tomate de mesa, o que referenda o trabalho de pesquisa realizado principalmente pela Estação Experimental de Caçador desde 2004”, comenta o engenheiro agrônomo Walter Ferreira Becker.
Segundo o especialista, o documento tem 15 itens que serão referência para a produção de tomate no Brasil nos próximos anos. As bases vão desde a escolha do terreno, preparação do solo, adubação, manejo de pragas e doenças, sistema de alertas, comercialização, entre outras metodologias.
“O grande destaque da produção integrada é o menor custo da lavoura, 35% menor do que na produção convencional. Mas também há outros benefícios: segurança jurídica aos agricultores em relação às questões ambientais e trabalhistas e alimentos livres de agrotóxicos”, acrescenta Becker, lembrando que os agricultores que adotarem as boas práticas terão acesso ao selo Brasil Certificado, através do INMETRO, valorizando o produto no mercado.
A partir de agora o projeto entra na quarta etapa, que é a formação da assistência técnica qualificada, para que a metodologia chegue aos agricultores brasileiros. Na Itália, por exemplo, 97% do tomate é de produção integrada e 3% orgânico.

Para o chefe da Estação Experimental de Caçador, Renato Luis Vieira, a homologação da NTE reforça a importância do trabalho de pesquisa da Epagri. “Com o apoio e investimentos do Governo de SC, a Epagri tem contribuído as várias cadeias produtivas do setor agrícola, pela geração de informações e tecnologias atualmente aplicadas pelo setor produtivo, o que tem contribuído de forma expressiva para colocar o estado no cenário nacional como referência na produção de frutas, hortaliças e vários outros produtos agrícolas”, afirma.

Fonte: Epagri

28/11/16

Mobi ganha nova versão Drive com motor 1.0 três cilindros Firefly




   O Fiat Mobi Drive chega para reforçar os principais atributos do modelo e também para ampliar a oferta ao consumidor com uma nova versão que reúne ainda mais o prazer em dirigir, a conectividade e , acima de tudo, economia de combustível.
    O Fiat Mobi Drive é equipado com o novíssimo motor Firefly 1.0 três cilindros, resultado de desenvolvimento global da FCA que tem o Brasil como seu mercado de estreia. Ele traz a arquitetura de duas válvulas por cilindro com geometria do conjunto otimizada melhorando o rendimento do motor em giros reduzidos, assegurando maior economia de combustível, melhor performance, menores níveis de emissões e maior silêncio a bordo. 
   Com o novo motor Firefly 1.0 três cilindros o Mobi Drive passa a estabelecer novos paradigmas no mercado nacional: ele é o veículo mais econômico do Brasil entre os equipados com motor 1.0 aspirado. E não apenas isso – é também o que oferece o maior torque neste mesmo comparativo.   
   Isso significa que o Mobi Drive atende a todas as expectativas do consumidor de um carro urbano, oferecendo tamanho adequado, design diferenciado, baixíssimo consumo de combustível, conforto e prazer ao dirigir, com respostas rápidas e eficientes, graças ao seu elevado torque já em baixas rotações, o que também colabora para um reduzido nível de ruído e de emissões.
  O pacote de equipamentos de série é extremamente generoso, fazendo do Mobi Drive um modelo completo. Destacam-se como itens de série o ar-condicionado, chave canivete com telecomando, vidros elétricos nas portas dianteiras e trava elétrica nas quatro portas com função one touch e antiesmagamento, limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro, abertura interna da tampa do tanque de combustível e do porta-malas, volante com regulagem de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, banco traseiro bipartido, cargo box, lane change, ESS, sinalização de frenagem de emergência, e pneus “superverde” com alta durabilidade e maior aderência.
  Com o Mobi Drive, o modelo passa de seis para sete o número de versões. Somando ao Easy, Easy On, Like, Like On, Way e Way On, equipados com o motor 1.0 Fire, que acabou de passar por uma recente atualização, entregando agora um consumo 4% menor do que a família anterior.
  Conheça o Mobi Drive, com motor de três cilindros, em dezembro, na Carboni Fiat.

Fonte: FCA PRESS

Alterações no Código de Trânsito Brasileiro


   
   As novas determinações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) já entraram em vigor, corrigindo principalmente os valores das multas de trânsito. As infrações foram reajustadas em torno de 50%, mas, em casos especiais, o condutor pagará muito caro por infringir uma regra de trânsito.
   Falar ao telefone enquanto dirige, nem pensar!
  A alteração no CTB prevê infração gravíssima (7 pontos na carteira) para motoristas que forem flagrados falando ou segurando aparelhos eletrônicos, com multa de R$ 293,47. Antes, a infração era média e a multa custava R$ 85,13.
  A velocidade máxima em algumas vias também foi alterada. Em rodovias de pista simples, por exemplo, a velocidade permitida passou a ser de 100 km/h.

Outras alterações importantes

  Quem estacionar de forma irregular em vagas destinadas a pessoas com deficiência estará cometendo infração gravíssima e terá de desembolsar R$ 293,47 em multa, além de ter seu veículo removido.
   O motorista que for flagrado dirigindo sob efeito de álcool, ou que se recusar a fazer o teste do bafômetro, pagará multa no valor de R$ 2.934,70 e ainda perderá o direito de dirigir por 12 meses. No caso de reincidência no prazo de 12 meses, a multa dobra de valor e vai para R$ 5.869,40.
  As mudanças no Código de trânsito ainda preveem valores dobrados para quem for infrator reincidente no período de 12 meses e multas também para pessoas jurídicas, ou seja, a partir de agora, empresas também podem ser responsabilizadas com multas de trânsito.
  Uma boa novidade da alteração é o anúncio do lançamento de um aplicativo para smartphones, que facilitará a vida do condutor e ainda promete 40% de desconto nos valores das multas que devem ser pagas pelos usuários.

Confira os novos valores aplicados às multas de trânsito
- Leves: R$ 88,38 (3 pontos)
- Médias: R$ 130,16 (4 pontos)
- Graves: R$ 195,23 (5 pontos)
- Gravíssimas: R$ 293,47 (7 pontos)

Fonte: Blog da Iveco

22/11/16

Osmar Carboni é homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina


O empresário videirense, Osmar Carboni, diretor da Carboni, foi homenageado com a Comenda do Legislativo Catarinense, este prêmio é a maior honraria concedida pelo parlamento do Estado e somente concedida a pessoas ou instituições com relevantes serviços prestados a comunidade.
A solenidade aconteceu, ontem (21) no plenário da Alesc, em Florianópolis. Sempre envolvido com a comunidade de Videira e região, onde estão inseridas suas empresas, Osmar Carboni tem destacada atuação política e social.
Para o deputado Valdir Cobalchini, autor da homenagem, entregar a Comenda do Legislativo a Osmar Carboni é reconhecer a trajetória de um empresário e político de sucesso, sempre envolvido com as questões da comunidade e pautado pela ética. “Osmar Carboni é um exemplo para Santa Catarina e para o Brasil, que o faz merecedor desta homenagem”, resumiu o deputado.




       Fotos: Agência Assembleia Legistativa
       Fonte: Assembleia Legislativa de Santa Catarina



16/11/16

Carboni recebe transportadores em Rio do Sul e Ituporanga

A Carboni Iveco preparou dois eventos de aproximação com o mercado de transporte de cargas pesadas, na quarta (09) e quinta-feira (10), nos municípios de Rio do Sul-SC e Ituporanga-SC

Mais de 200 pessoas estiveram presentes, prestigiaram as inovações tecnológicas e mecânicas do Iveco Hi Way e conheceram a nova operação Carboni Iveco na região do Alto Vale do Itajaí, que agora conta com uma concessionária nova e adequada para oferecer o melhor em pneus, consórcio, caminhões novos e usados, peças e serviços Iveco.


Uma apresentação técnica envolveu o público, que ouviu o engenheiro da divisão de veículos pesados da Iveco, Anderson Vilela, explicar sobre as melhorias aplicadas nos veículos da Linha Pesada Iveco 2017. Anderson também apresentou depoimentos de clientes e ilustrações sobre o desempenho do novo conjunto mecânico.

O gerente da Carboni de Rio do Sul-SC e Indaial-SC, Giovani Camargo, apresentou a equipe de vendas, pós venda e pneus da nova concessionária em Rio do Sul e convidou o público a assistir o vídeo que mostra a atividade da Carboni no Sul do Brasil.
Luiz Carboni, diretor comercial da Carboni Iveco, comentou sobre a nova estrutura que a Carboni preparou para atender a região. "Estamos preparados para oferecer vendas e suporte adequado para o transporte e a agricultura do Alto Vale, nossa estrutura Iveco já está a todo vapor, com profissionais qualificados e edificação nova. Na parte de máquinas agrícolas ainda faltam alguns detalhes, mas até fevereiro também estaremos em pleno funcionamento com a bandeira Case IH".
Após as apresentações foram servidos deliciosos jantares e a noite continuou com muitos negócios e música ao vivo.